Carta Branca

c1

 

Em uma sala de uma só parede, quatro artistas de circo se encontram para ocupar o vazio e transformá-lo constantemente: São bancos, bolas e tábuas de madeira que, através de manipulações, voam pelos ares e deslizam pelo chão, invadindo o espaço e criando em cada momento um novo cenário de jogo. Com acrobacia, dança, malabarismo e música ao vivo, esses companheiros não medem esforços para compartilhar seus sonhos e cumprir seu dever: Entreter o público! Mas, através de suas cartas brancas, buscam a sinceridade em compartilhar algo que seja realmente significativo e, assim, acabam expondo seus medos, motivações e fragilidades, mostrando aspectos vulneráveis de suas personalidades.

 

2-Cia do Relativo- Carta Branca- foto por Otavio Fantinato

Criação e atuação: Danielle Siqueira, Victor Abreu, Otavio Fantinato e Tássio Folli

Figurino: Claudia Schapira

Concepção cenográfica: Tássio Folli e Otavio Fantinato

Música: Danielle Siqueira

Direção Geral: Tássio Folli

Classificação etária: Livre.

Duração: 45 minutos